Cabelos Crespos

Cabelo crespos é um dos oito tipos de cabelos existentes no Brasil. Geralmente com os cachos bem estreitos, pequenos e com aspecto de crescer para cima. Com a visibilidade de artistas negros e a militância negra, os cachos e crespos tem sido cada vez mais aceitos na sociedade. A imposição do cabelo liso mesmo com quem nasceu com o cabelo afro está cada vez menor e com isso, a busca pelos cuidados dos cabelos está maior. 

Mulher negra com cabelo crespo.

Principalmente a internet tem transmitido a mensagem de que devemos nos amar, independente de aceitarem o nosso cabelo ou não. Mas para acontecer o amor próprio, devemos buscar cuidados. É cuidando do cabelo crespo e cacheado que aprendemos a amá-lo. Ultimamente vemos diversas linhas de produtos para cabelos mais crespos, porém a informação sobre como usar, o quê usar e quando usar ainda não é muito precisa. 

 Por natureza, esse tipo de cabelo tende a ressecar mais. O cabelo crespo tem cachos minúsculos por toda a sua extensão. Isso impede que a oleosidade natural do cabelo chegue até as pontas, dando o aspecto brilhoso.

Cuidados Básicos

Um dos cuidados iniciais é na hora de lavar. O mais indicado é lavar o cabelo com água fria, para evitar o frizz e a porosidade. Encharque o cabelo com água antes de aplicar o shampoo. Aplique o shampoo na raiz do cabelo e massageie suavemente com a ponta dos dedos de 1 a 2 minutos. Não aplique o shampoo nas pontas do cabelo. Com a espuma produzida na raiz, vá lavando a extensão do cabelo até chegar às pontas. Enxague bem em água corrente, cuidando para que não sobre resíduos do shampoo. Deve-se repetir o mesmo passo com o condicionador. É importante lembrar de usar produtos apropriados para o cabelo crespo. 

Mulher com cabelo crespo 4C.

A hora de pentear o cabelo deve prestar atenção para não danificar os fios e acabar quebrando o cabelo. Com a ajuda de um creme para pentear e com um pente de dentes largos, comece de baixo para cima sempre. Nunca penteie o cabelo seco. Umedeça, se possível, com um borrifador para que o cabelo não fique encharcado, mas também não fique seco. A principal dica para desembaraçar o cabelo é escolher cremes para pentear de consistência fina. Eles penetram melhor no cabelo e não o deixam com aspecto pesado e fino. 

Mantendo Hidratado

A textura do cabelo crespo é diferente dos outros. O formato dos cachos são em Z e não em S, portanto, é mais difícil ainda a oleosidade do couro cabeludo chegar nas pontas. Criar uma rotina de cuidados pode ser essencial para manter os cabelos saudáveis. Você pode investir em um cronograma capilar.

O cabelo tipo 4C, que são os crespos “black power” não costumam ficar definidos. Desencane de comprar finalizadores e cremes para definir. Aposte em um creme finalizador de textura fina e em um garfo para cabelo. O pente garfo serve para dar volume ao cabelo, principalmente para levantar a raiz, assim o cabelo não fica baixinho e grudado na cabeça. 

Mulher antes e depois garfo de cabelo.

Na hora de fazer penteados e prender o cabelo, aplique óleos vegetais para manter o cabelo alinhado e brilhoso.  Óleo de coco e de rícino são grandes aliados dos cabelos crespos. Preste atenção às restrições do óleo de rícino, ele não deve ser usado por gestantes e lactantes. Você pode usar o óleo vegetal antes do shampoo. Por natureza, o cabelo crespo é mais ressecado do que os outros tipos de cabelo. Usar antes do shampoo cria uma camada de proteção. Também ajudará na hora de desembaraçar os fios. A necessidade de shampoo desse tipo de cabelo é menor que os outros. Você pode fazer uma técnica chamada co-wash para evitar o ressecamento. 

O que é co-wash?

 Co-wash é uma técnica de lavagem do cabelo que utiliza condicionador. Só. Ele limpa o cabelo com menos agressividade que o shampoo e mantém o cabelo com a sua oleosidade natural. Para fazer o co-wash é necessário escolher um condicionador, de preferência um condicionador sem parafina, silicones insolúveis e petrolatos, pois estas substâncias podem deixar o cabelo duro. Aplique o condicionador em todo o comprimento do cabelo até as pontas.

O condicionador além de hidratar e limpar, irá fechar as cutículas do cabelo. Para cabelos crespos 4C isso é muito importante, pois evita mais ressecamento que o natural.

Fontes:

http://tcconline.utp.br/media/tcc/2017/03/CABELO-AFRO..pdf

https://paineira.usp.br/celacc/sites/default/files/media/tcc/artigo_nadia.pdf

http://www.africaeafricanidades.com.br/documentos/0120210042016.pdf

Tipos de cabelo

Se engana quem acha que os tipos de cabelo são apenas lisos e cacheados. Principalmente no Brasil, onde historicamente houve uma miscigenação entre as mais diversas etnias, há uma grande diversidade de tipos de cabelo. Desde os mais finos e cacheados até os mais grossos e lisos.

Temos 8 tipos de cabelos no Brasil, o que o torna o país com a maior variedade de tipos de cabelo no mundo. Desde o liso escorrido até o afro, há uma classificação própria, que os cabeleireiros usam para indicar produtos e cuidados. É importante saber qual é o seu tipo de cabelo para usar os produtos adequados e evitar problemas como ressecamento ou excesso de oleosidade. 

Os tipos de cabelo são classificados em 4 tipos principais representados pelos números 1, 2, 3 e 4. Essa classificação se refere à curvatura do fio, sendo assim, o número 1 é o tipo de cabelo liso, já o 4 são os cabelos crespos. A segunda classificação se refere à textura do cabelo e é representada pelas letras A, B e C. Eles podem ser com ondulações abertas (A) às ondulações mais fechadas (C). 

Cabelos Lisos

Os cabelos lisos “escorridos” são todos os cabelos tipo 1. Os cabelos 1A são os cabelos mais escorridos e finos, geralmente são os mais ralos e com menos volumes. O cabelo 1B é um pouco mais grosso e oleoso. Consegue segurar grampos, penteados e até mesmo cachos artificiais, mas continua sendo liso escorrido. O cabelo 1C é o cabelo liso e grosso, mais oleoso que os outros. Pode ter aspecto pesado e dificilmente mantém um penteado. 

Mulher de cabelo liso

Cabelos Ondulados

Os cabelos ondulados podem ter ondulações na raiz ou nas pontas do cabelo. Dificilmente terão ondas em toda a extensão. O cabelo 2A não tem muito volume, a raiz pode ser bastante oleosa. O fio é fino e o formato S está presente de forma mais alongada no fio. O tipo 2B tem uma tendência maior a ter frizz. O formato S (ondulação) já é mais presente e o cabelo já tem uma memória de curvatura original. O tipo 2C o fio é mais grosso e pode ter a formação de cachos. Os cachos resultam em um cabelo ondulado mais volumoso e com movimento.

Cabelo ondulado.

Cabelos Cacheados

O tipo 3 é exclusivo para cabelos cacheados. São mais ressecados pois a curvatura impede que a oleosidade do cabelo chegue até as pontas. O cabelo 3A tem cachos definidos e mais abertos, não necessariamente os cachos começam da raiz. O cabelo 3B tem o cacho mais fechado e menor, 
os cachos já nascem desde a raiz. As molinhas são presentes em todo o cabelo e o cabelo é mais volumoso. O cabelo 3C tem os cachos bem pequenos e fechados. Os cachos nascem desde a raiz e podem ser estreitos e secos. 

Mulher de cabelos cacheados

Cabelos Crespos

O cabelo crespo ou afro tem os cachos pequenos que não se desfazem mesmo quando estão molhados. O tipo 4A é enrolado da raiz até as pontas e tem os cachos bem pequenos e a textura se mantém em todo o cabelo. O cabelo 4B tem os cachos menores, dando destaque para o volume. Nesse tipo de cabelo o efeito de crescer para cima já é presente. O tipo 4C não forma cachos e o cabelo não é definido.

Mulheres de cabelos crespos.

Cuidados 

Cada cabelo precisa de cuidados próprios. Usar um shampoo para cabelos lisos num cabelo tipo 3A por exemplo, pode deixá-lo ressecado. Por quê? O cabelo liso costuma ser mais oleoso que o cabelo cacheado. Os produtos para cabelos cacheados são compostos especialmente para repor os nutrientes perdidos. Logo, um shampoo para cabelos lisos usado por uma cacheada não vai conseguir repor a demanda de nutrientes. 

Portanto, a cada compra de produtos para cabelos, procure saber se ele é próprio para o seu cabelo. Assim você conseguirá manter o seu cabelo saudável e bonito com mais facilidade.


Fontes:

http://biq.iqm.unicamp.br/arquivos/teses/vtls000413448.pdf 

https://masterarquivos.weebly.com/uploads/2/4/8/9/24895400/terapia_capilar_i_-_noes_de_tricologia.pdf

http://www.africaeafricanidades.com.br/documentos/0120210042016.pdf